O prêmio ao segundo colocado na categoria Redação foi entregue esta semana, em Boa Vista

547O estudante Guilherme Pontes da Silva, da Escola Mário David Andreazza, de Boa Vista/RR, que ficou em segundo lugar na categoria Redação, no 2º Concurso Cultural com o tema geral “Proteção social para acabar com o trabalho infantil”, promovido pelo Comitê de Combate ao Trabalho Infantil e Estimulo à Aprendizagem do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região AM/RR (TRT-11), recebeu o prêmio (um aparelho celular) na última segunda-feira, dia 07/11/2022, em Boa Vista. A cerimônia oficial de premiação foi realizada no dia 14/10/2022, em Manaus, mas o estudante não pôde comparecer naquela oportunidade. 548

A juíza do Trabalho substituta Vanessa Maia de Queiroz Matta, membro do Comitê de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem em Boa Vista/RR, destacou o empenho das escolas para que um maior número de estudantes pudessem participar do concurso este ano. E o trabalho deu certo. A categoria Redação, que focou no tema “Programas e políticas sociais para acabar com o trabalho infantil’’, teve, no total, 578 concorrentes do 6º ao 9º ano do ensino fundamental II. Guilherme ficou em segundo lugar. Também foram classificados na mesma categoria a estudante Gabriela Geraldine Caraballo Arroyo, da Escola Militarizada Presidente Tancredo Neves (5º lugar), Emanuelle Melônio Pereira, da Escola Euclides da Cunha (9º lugar) e Davi de Souza Santana (10º lugar) da mesma escola. Na categoria Vídeo, a equipe dos estudantes: Marcelo Ribeiro Mafra, Mylena Pereira da Silva e Glauco da Silva dos Santos, todos da Escola Raimundo Carlos Mesquita, ficou em 8º lugar. 

O 2º lugar conquistado por Guilherme foi comemorado como se fosse o 1º lugar, diz a juíza Vanessa Matta. E ficou o compromisso das escolas, por meio da Secretaria Estadual de Educação de Roraima, de incentivar os estudantes para que, nos próximos concursos, um maior número participe e conquiste melhores classificações. Ela também destaca a importância da campanha contra o trabalho infantil e estímulo à aprendizagem, iniciativa alinhada à Meta 9 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Lugar de criança é na escola e no seio da família, enfatiza a juíza, e dirigindo-se aos estudantes conclui: “acreditem nos seus sonhos e estudem”.

 

Coordenadoria de Comunicação Social.
Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte

Nova Logo Trabalho Seguro 02

Banner Programa de combate ao trabalho infantil

PJe 2 02

icones logo 3

icones logo 2