A presidente do Tribunal, Ormy Bentes, fez um balanço da gestão que foi baseada na criatividade, inovação sustentabilidade e transparência

605A 11a sessão foi realizada de forma presencial e transmitida ao vivo pelo YouTube. Na presidência dos trabalhos a desembargadora presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região Amazonas e Roraima (TRT-11), Ormy da Conceição Dias Bentes. A reunião iniciou pela manhã e prosseguiu pela tarde para a análise de uma pauta com 41 processos administrativos e dois judiciários. Dos processos administrativos, sete foram adiados para vista regimental e 34 julgados e os dois processos judiciários também foram adiados para vista regimental; o Pleno também julgou um processo PJECOR. No final dos trabalhos, a desembargadora Ormy Bentes anunciou que a sessão extraordinária marcada para o dia 09/12/2022 foi suspensa, em virtude dessa data coincidir com o jogo do Brasil na Copa do Mundo. A referida sessão ficará para a próxima administração.

Fazendo uma rápida retrospectiva de sua gestão no biênio 2020-2022, a desembargadora falou das dificuldades enfrentadas por conta da pandemia da covid-19 que ocasionou a perda de muitas vidas, incluindo servidores, terceirizados, amigos e familiares. Entre os projetos que realizou, ela citou a retomada das obras do Fórum Trabalhista de Manaus, situado na Rua Tefé, ao lado da sede administrativa, que estavam paralisadas. A etapa concluída foi a de fechamento do prédio em alvenaria, ficando a conclusão para a próxima administração. Entre as obras inauguradas ela mencionou o Centro de Memória da Justiça do Trabalho (Cemej), na rua Barroso, Centro; uma área para os terceirizados, no 8º andar da sede judiciária e a ampliação da Coordenadoria de Saúde, no Fórum Trabalhista de Manaus (FTM), na rua Ferreira Pena.

No que diz respeito à redução de gastos, a desembargadora falou da transferência da Coordenadoria de Material e Logística e Seção de Transporte de um prédio alugado na rua Belém, para o Fórum Trabalhista, cuja inauguração se dará nos próximos dias. E vai representar uma economia de aproximadamente R$ 1 milhão ao mês com aluguel do atual prédio e outras despesas. Destacando que sua administração foi voltada à criatividade, inovação, sustentabilidade e transparência, Ormy Bentes enfatizou que conclui a gestão com orgulho por tudo o que fez, paz no coração e a certeza do dever cumprido.

A desembargadora Francisca Rita Alencar Albuquerque falou em nome dos demais desembargadores, destacando a operosa gestão que teve a frente as desembargadoras Ormy Bentes, na presidência, Solange Maria Santiago Morais, na vice-presidência e Márcia Nunes da Silva Bessa, na corregedoria geral. A desembargadora Solange Morais também se manifestou agradecendo à presidente e desejando-lhe felicidade. A desembargadora Márcia Bessa agradeceu o apoio recebido tanto por parte da presidente quanto da vice-presidente para que seu trabalho fosse realizado.

A próxima sessão administrativa do Tribunal Pleno será realizada em 1º de fevereiro de 2023, já sob o comando do futuro presidente, desembargador Audaliphal Hildebrando da Silva, que assume o cargo em 15/12/2022.

Coordenadoria de Comunicação Social
Arte: Renard Batista
Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte

Nova Logo Trabalho Seguro 02

Banner Programa de combate ao trabalho infantil

PJe 2 02

icones logo 3

icones logo 2