356

A iluminação faz referência às cores do catavento, símbolo mundial e nacional da luta contra o trabalho infantil

O prédio-sede do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região - AM/RR (TRT11), localizado na Rua Visconde de Porto Alegre, 1265 – Praça 14 de Janeiro, em Manaus (AM), ganhou iluminação em referência ao catavento símbolo da luta contra o trabalho infantil.
A iluminação do prédio-sede é alusiva à luta pela erradicação do trabalho infantil em todo o mundo. O catavento representa movimento, sinergia e articulação de ações permanentes contra o trabalho infantil, simbolizando também a alegria que deve fazer parte da vida de todas as crianças.
Desde o início do mês de maio, o TRT11 realizou diversas atividades contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes, em apoio à Campanha Faça Bonito, com ato público realizado no dia 17 de maio na Praça da Matriz, em Manaus (AM), alusivo ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio). As atividades contra o trabalho infantil contaram com ato público em Manaus (AM) no dia 12 de junho.
O Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo e Aprendizagem da Justiça do Trabalho tem como gestores regionais a desembargadora Joicilene Jeronimo Portela e o juiz do trabalho substituto Igo Zany Nunes Corrêa, ambos do TRT11.

 

Ato público no Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil

O TRT11 realizou, na manhã do dia 12 de junho, no hall do Fórum Trabalhista Ministro Mozart Victor Russomano, em Manaus (AM), Ato Público contra o Trabalho Infantil.  O evento reuniu representantes do Poder Judiciário nas esferas Trabalhista e Estadual, Ministério Público do Trabalho, Superintendência Regional do Trabalho, Secretarias do Estado do Amazonas e do Município de Manaus, diversos órgãos públicos, entidades empresariais e organizações não governamentais ligadas à rede de proteção à criança e ao adolescente.
O evento integrou mobilização nacional promovida pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), que adotou o slogan “Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar”, com o objetivo de promover uma reflexão da sociedade sobre as consequências da exploração do trabalho de crianças e adolescentes.
A data foi escolhida por ser o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, instituída pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em 2002.  No Brasil, o 12 de junho foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, pela Lei nº 11.542/2007.

Mobilização no interior do Amazonas e em Roraima

As equipes das Varas do Trabalho do interior do Amazonas e de Boa Vista se mobilizaram para realizar atividades de esclarecimento e para chamar a atenção da sociedade para as campanhas voltadas para a proteção dos direitos das crianças e adolescentes.
No interior do Amazonas, as Varas do Trabalho de Coari, Humaitá, Lábrea, Manacapuru, Presidente Figueiredo, Tabatinga e Tefé realizaram eventos nos meses de maio e junho. Em Roraima, a 3ª Vara do Trabalho de Boa Vista promoveu palestra sobre o trabalho infantil.

Rede de Apoio
A iniciativa da mobilização nacional partiu do Tribunal Superior do Trabalho (TST) contando com o apoio de todos os Tribunais Regionais, Ministério Público do Trabalho, Superintendências Regionais do Trabalho, Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Organização Internacional do Trabalho (OIT), Twitter Brasil, Canal Futura, Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI), Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e outras federações estaduais, bem como diversos times de futebol da série A.

358

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ASCOM/TRT11
Texto: Paula Monteiro
Foto: Renard Batista
Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Tel. (92) 3621-7238/7239